2013-06-30

Nelson Mandela: um líder global...

Que outro líder vivo, para mais já sem qualquer cargo há uma dezena de anos, teria direito a ser notícia em quase todos os noticiários do mundo, em geral logo como notícia de abertura, acompanhando o seu estado de saúde? A resposta parece óbvia: nenhum.

Nelson Mandela é um líder global, o mais importante dos últimos 20 anos. Marca um símbolo de resistência por ideais, pela construção de uma Nação, pela Paz. Nenhum outro líder desde Gorbatchov tem essa dimensão, e mesmo Gorby não conseguiu unir o seu povo, apesar de ter mudado a face política do mundo.

Por isso aqui fica a homenagem: Nelson Mandela tem seis nomes. Quais são e porquê?

2013-06-27

Portugal tem comida incrível. Exportem-na!

Portugal tem comida incrível. Exportem-na!

A Francesinha foi eleita como uma das dez iguarias mundiais com pão pela AOL Travel… Melhor publicidade é difícil! E não custou nada! Apenas produzimos conteúdo! Porque gastronomia não é só “comida”… é gosto, é cultura, é identidade! Assim se gera turismo de qualidade!


2013-06-24

Madeira: Antes eram os carros de pessoas do PS, PND e PTP...

Agora, o recurso a métodos absolutamente inaceitáveis em democracia - não há Ministério Público que investigue estes casos? -, estende-se a opositores internos! Carro de Miguel Albuquerque vandalizado com picareta...

Alberto João Jardim e o seu regime deveriam enfrentar a Justiça.. pelos seus comportamentos desrespeitosos da mais elementar e sã democracia, pelo seu despotismo, prepotência, permanente hostilidade a todos os que lhe fazem frente, incluindo a disseminação do recurso à violência como forma de intimidar os adversários políticos (eu próprio o testemunhei numa recente ida à Região Autónoma da Madeira).

Os madeirenses têm uma oportunidade, nas eleições autárquicas, de alterar o seu próprio panorama político.


M. Sousa Tavares sobre os professores... e uma análise aos "cortes"

Polémico, é o mínimo que se pode dizer do artigo de Miguel Sousa Tavares sobre os professores publicado no Expresso de sábado...

Devo dar aqui nota de manifestação de interesses: os meus pais eram professores. Ambos aposentados. Tenho diversos amigos e amigas que são professores (de todos os graus). Mas, em parte, penso ser pertinente o que diz Miguel Sousa Tavares, sobretudo no que toca à "fuga à avaliação" e à negação do facto de que o empregador, Estado, que é pago por todos nós, não pode aceitar manter nível de recursos humanos se e quando há muito menos clientes (alunos)...


Mas é também legítimo que haja reclamações. E greves.


E pedir que as façam quando "não dói" é demagógico. É como dizer aos maquinistas, por exemplo, que não podiam fazer greve em dia útil...


E o que também é de perguntar é se, numa altura de desemprego tão acentuado, em que não há alternativas para os recém-desempregados, e com Portugal com tantas lacunas no seu sistema educativo, se esta é a  melhor altura para aumentar horários lectivos, diminuindo ainda mais o número de docentes necessários e aumentando ainda mais o desemprego e, assim, diminuindo ainda mais o consumo interno e aumentando o drama social...


E, mais grave, é que a preocupação imediata com o "deficit" encobre uma agenda ideológica, que diz que o Estado tem de diminuir (soa bem) mas não diz como e não apresenta racionalidade na medida, apenas se justifica porque "Passos Coelho defende que Estado não tem_ dinheiro para sustentar a factura salarial da função pública". E o facto é tão visível que tudo era estar pronto em Fevereiro e, estando Junho a acabar, o Governo nada mais disse sobre o que ia fazer, e mesmo Porta "entregou mero guião" (como já tínhamos aflorado em o socratico).

2013-06-21

Danos à democracia

As embrulhadas legais à volta das candidaturas autárquicas e da limitação de mandatos não beneficiam a democracia. Os partidos - todos - não quiseram clarificar a situação, fazendo uma lei que se sobrepusesse a esta, mas retirasse as confusões. Assim, temos um cenário em que as duas mais importantes cidades do país, e mais umas tantas, não possam saber quais os candidatos do PSD - e noutros casos da CDU e no fim se arrisquem a ter candidatos que não fazem campanha...

Seara mantém-se na corrida a Lisboa e abre guerra jurídica... Como a entrega de listas é até 5 de Agosto, mas a decisão do Tribunal Constitucional pode surgir até finais de Agosto, pode acontecer que as listas de Seabra, a Lisboa, ou de Menezes, no Porto, sejam "cortadas" dos seus cabeças de lista, passando os números dois a candidato a Presidente da Câmara, com os outdoors e toda a máquina e comunicação montada em torno de Seabra e Menezes...

Se, por exemplo, ainda assim, o PSD ganhasse as eleições  no Porto, pergunto se estaríamos certos que a maioria dos votantes saberia em quem teria votado, ou teria votado no PSD pensando que era Menezes, após meses de campanha com o seu rosto e o seu nome, quando afinal o candidato era outro... Será que isto é uma democracia a funcionar bem e de modo legítimo?

Mas o cenário inverso também é possível: se Menezes e Seabra forem admitidos, e o PSD perder, sobretudo no Porto, será que no final estaremos certos que estas confusões jurídicas não os terão prejudicado? E, mais uma vez, se tem de perguntar: será que isto é uma democracia a funcionar bem e de modo legítimo?

Será que não haverá razões para impugnar as eleições?

E qual a imagem que passa para os cidadãos, da classe política que cria uma confusão por ser incompetente a redigir as leis - quando são pagos para isso -, depois se recusa a melhorá-la - todos os partidos! - e manda a bola para os Tribunais?
E qual a imagem para os cidadãos de Tribunais que, não atendendo à urgência da clarificação, demoram meses (mesmo que sejam prazos legais, não são prazos aceitáveis ou úteis ou decentes)? E que decidem de modo tão diverso como SIM, NÃO ou "Não somos competentes" ?

Filho do presidente de Angola preside a fundo soberano...

Filho do presidente de Angola preside a fundo soberano

Não existe mãe Solteira, Existe Mãe... Papa Francisco

O Papado de Jorge Bergoglio, Papa Francisco atingiu o seu centésimo dia...
Não sou católico e muito menos aceitaria o Dogma da infalibilidade Papal... Mas o Papa Francisco, o primeiro Papa não Europeu, está a dar sucessivas demonstrações de uma capacidade de comunicação, de bom senso e de adaptação aos tempos que é verdadeiramente notável. São já diversas as demonstrações dessas capacidades e da sua inteligência e sãos Princípios de Humanidade.

Desta feita foi a defesa de uma Igreja que não seja "fiscal" da fé, antes apoie as pessoas, e estar aberta a elas, mesmo que em pecado aos olhos da Igreja. E começou por lembrar que...



Pode ler-se em:

2013-06-20

Rui Rio acaba com feriado de São João

É por estas e por outras que acho este homem pequenino e digo sempre que é um Cavaco II : Rui Rio acaba com feriado de São João - tal como Cavaco acabou com Carnaval...

Relembro que esta noite gera para a cidade mais riqueza - e com bem menos despesa - que todos os circuitos da Boavista durante 100 anos seriam capazes! E dá nome, projecção, vida, conteúdos,... Este senhor tem vistas curtas. Ao fim de 12 anos, sem tirar algumas coisas boas (ex: Loja do Munícipe), não deixou legado e em nada lançou pontes para a criação de riqueza futura para a cidade e na cidade. Quem quer que seja o próximo Presidente da Câmara Municipal do Porto será melhor. Só pode.

O que temo: que rapidamente tome conta do PSD e, com a imagem de homem sério que conseguiu criar, tal como o sr. Cavaco Silva, consiga mesmo ser primeiro ministro. Para quem não vê, as políticas de Cavaco (baseadas em betão e não em pessoas nem em bens transaccionáveis, os únicos potenciadores de crescimento a prazo, tal como ele apregoa hoje!!) são em parte o que explicam o não crescimento de mais de uma década, que explicam a crise financeira e, hoje, a enorme crise social. É essa a diferença entre quem nos faz Crescer no Curto Prazo (Cavacos e afins) e uma liderança, com visão, que olharia para outras frentes (civismo, educação, formação, inovação, exportação mas também conceitos como "exportação líquida" e "substituição de importações", cultura e identidade, mar, turismo...) que nos poderiam fazer desenvolver...



Portugal sem Rei nem Roque?

Portugal tem 10% a 20% de território sem dono

2013-06-09

Papa Franscisco... vai nascendo um novo líder...

Numa altura em que o mundo carece de lideranças visionárias e inspiradoras, numa época em que o mundo parece sem rumo, em que as lideranças pensam mais em si mesmas e na sua manutenção do poder, em que  corpo de Mandela está já muito fraco, em que Obama tarda em afirmar-se como tal, em que a Europa carece de líderes em absoluto, em que a China continua a ser regida por uma extraordinária máquina mas centrada apenas em si, em que Dilma não é Lula, eis que surge um Papa verdadeiramente extraordinário (e quem escreve estas linhas é um agnóstico, que muitos dizem até ser ateu, e um convicto não católico...)....

video

2013-06-06

A tristeza de Delors, e a de todos os Europeistas...

Jacques Délors foi o último grande Presidente da Comissão e da União Europeia. Após Delors tivemos presidentes subservientes aos líderes dos Estados e por isso a União tomou um caminho intergovernamental de pouca coordenação política e menos delegações em questões em que a escala da decisão e a tomada colectiva de medidas são fundamentais. Esta descoordenações explicam em boa parte as dificuldades Europeias e o seu declínio mais rápido do que seria possível conseguir, ou seja, com mais perda de qualidade de vida para os cidadãos e mais degradação cultural, moral, económica, social e política das sociedades europeias, e uma submissão a novos poderes fácticos...

A tristeza de Delors, quando os europeus foram em fila ver Putin-

2013-06-02

Maravilhas da ciência...

Até onde a ciência nos levará, nomeadamente em termos de ciências da vida? A mortalidade pode continuar a diminuir, a esperança média de vida a subir... e a sociedade a não conseguir acompanhar...

Vacina contra Cancro do Pulmão (vacina terapêutica)

Vacina antimalária